Sobre o Despertar Psíquico - Alquimia Operativa

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Alquimia

Sobre o Despertar Psíquico

Daniél Fidélis ::
Escrito por Daniél Fidélis :: em 21/02/2022
1 min de leitura
Sobre o Despertar Psíquico
Junte-se a mais de 30 mil pessoas

Faça parte do nosso Círculo Interno de Leitores para receber conteúdos exclusivos semanalmente (é grátis):

A primeira coisa que devemos entender sobre o despertar psíquico é que nem todo desenvolvimento de sensibilidades sutis e afloramento dos chacras será perceptível à consciência objetiva do estudante.

Pensar que assim deveria acontecer é supor que todo o funcionamento do corpo sutil deveria se tornar, continuamente, percebido pela mente objetiva.

Isto parecerá sem sentido quando nos detivermos para considerar que nem mesmo um milésimo do funcionamento das partes do corpo físico é percebido pela mente objetiva. Estamos conscientes do funcionamento dos rins, do pâncreas ou em milhares de outras partes do nosso corpo?

Frequentemente, o estudante mais devotado e que de maneira mais regular se dedica às práticas de desenvolvimento psíquico acha que está fazendo pouco progresso pelo fato de não registrar qualquer desenvolvimento acentuado em seu interior, apesar de estar familiarizado, do ponto de vista intelectual, com as leis e princípios que estudou.

Possivelmente, depara-se com o desencorajamento em prosseguir com tais práticas. Sobretudo se for impaciente ou ansioso por resultados rápidos. Estes, são os primeiros a desistir.

Todavia, caso se conservar persistente e paciente, dia virá em que, tendo necessidade das leis em uma maneira prática e não meramente como teste, notará o impulso súbito de poder, a atividade súbita de uma faculdade.

A esse estudante é sempre recomendado continuar seus estudos e, diligentemente, praticar tudo o que lhe for possível. Deve progredir de forma compassada. Revisar constantemente.

É claro que isso se opõe ao ritmo frenético dos tempos atuais onde somos induzidos a fazer mais coisas ao mesmo tempo e o mais rápido possível. Mas, não se deixe levar pela correnteza.

Nenhum esforço é em vão. Portanto, seja paciente e diligente em seus esforços.

É bastante comum, em Ordens, Grupos e/ou Escolas que se dedicam à transmissão de estudos herméticos, a existência de práticas e exercícios psíquicos.

Muitos dos exercícios poderão parecer não ter qualquer relação entre si e, não obstante, cada um deles poderá estar ligado ao mesmo objetivo. E, ao praticá-los, sucessivamente, um após o outro, poderemos estar contribuindo para o desenvolvimento iniciado lá atrás, pelos primeiros exercícios.

Isso é muito comum em diversos sistemas de estudo. Talvez, você mesmo já tenha experimentado tal fenômeno.

Devemos, portanto, ter em mente que os exercícios psíquicos promovem determinado grau de desenvolvimento toda vez que são praticados, a despeito de se tornar ou não manifesto um resultado positivo.

Tão logo seja realizado determinado exercício, de forma diligente, processa-se o despertar de algum chacra, e dará continuidade ao desenvolvimento que poderá não ser percebido pelo Eu exterior ou consciência objetiva, mas que continuará operativo dentro de nós.

Por isso, sempre repito: o simples estudo das leis e princípios, sem qualquer prática, não é suficiente para o desenvolvimento psíquico. Além disso, o desenvolvimento requer tempo.

Esse tempo varia em cada pessoa, sendo maior ou menor, em conformidade com o estágio de desenvolvimento ao ser iniciado (ou reiniciado) o estudo. Ou seja, depende da bagagem inicial do nosso aparato sutil ao adentrarmos na atual existência.

Portanto, nem todos nascem com o mesmo desenvolvimento psíquico. Alguns poderão ter determinadas experiências no começo dos estudos e, outros, um pouco mais tarde. Mas, independentemente desse tempo de manifestação, o processo é sempre maravilhoso.

Se você ainda não experimentou qualquer manifestação de progresso psíquico, não se pergunte quando irá acontecer.

Não temos controle sobre os resultados. Mas do processo, sim!

Portanto, persista!

Irmandade Hermética da Sagrada Arte, IHSA

O que achou do conteúdo?

Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 Replies to “Sobre o Despertar Psíquico”

Antonio Moraes

Prezado irmão. Este é um trabalho que sempre me atraiu, já li muito sobre o assunto e em nenhum momento tive a oportunidade de ter em mãos esse tema com ordenação que encaminha o interessado por caminhos, muitas vezes, surprendente. Estou com seus e-mails bem guardados esperando o momento adequado para iniciar de um modo seguro e persistente. Fico grato pela oportunidade oferecida. Abraços fraternos.

Marizete

Tudo muito novo pra mim , estou gostando bastante