espagiria

Alquimia e Astrologia: Ervas Medicinais regidas por Marte

Alquimia e Astrologia: Ervas Medicinais regidas por Marte

Marte é o princípio ativo. Marte confere a energia dinâmica. A ação de Marte é aguda, violenta, inflamante, intensa, acelerante e intensificante. É uma força construtiva se bem direcionada. Transforma-se em destrutiva caso se instaure o descontrole. Marte é patologicamente construtivo no sentido de que traz inflamações e febres aptas para queimar os desperdícios e os venenos no sistema, que de tal modo purifica. Mas, nas pessoas descontroladas, aumenta a tendência à discórdia e à agressividade. Marte participa na formação do sangue (conjuntamente com o Sol Continue lendo

Alquimia e Astrologia: Ervas Medicinais regidas pelo Sol

Alquimia e Astrologia: Ervas Medicinais regidas pelo Sol

O Sol é o manancial do poder vital, o regulador e o principal fornecedor da constituição orgânica no horóscopo, sobretudo para o homem. Ele governa o coração e a distribuição do calor no corpo. O ouro é o metal solar, por excelência. Juntamente com Saturno e os signos de Virgem e Escorpião, o Sol governa o baço. As forças vitais convertidas no baço são conduzidas ao plexo solar, de onde se difundem para todo o corpo. Opera sobre o sistema nervoso cérebro-espinhal, sobre o sistema Continue lendo

SOLVE – O significado das primeiras operações na espagiria alquímica

SOLVE – O significado das primeiras operações na espagiria alquímica

O trabalho prático na espagiria alquímica (no reino vegetal) inicia-se com a determinação da planta. Salientamos que se trata de uma colaboração entre dois seres e que um intercâmbio será estabelecido. No âmbito da alquimia, a planta deve ser tratada como um ser inteligente e com o máximo respeito. Por isso, devemos pedir sua permissão antes de iniciar o trabalho. Pela mesma lógica que não devemos forçar uma pessoa a efetuar um trabalho em comum que não escolheu fazer e que não tenha nenhum interesse… Do Continue lendo

Os benefícios da Alquimia Vegetal

Os benefícios da Alquimia Vegetal

A alquimia vegetal é o primeiro passo que o estudante deve dar. É indispensável para o bom aprendizado das fórmulas gerais do hermetismo. No laboratório vegetal, entra-se em relação com um novo mundo, povoado de energias muito diversas. É a primeira porta que conduz aos conhecimentos ocultos da natureza. O alquimista dará seus primeiros passos no laboratório. Suas experiências com os vegetais lhe permitirá familiarizar-se com as operações fundamentais das que terá necessidade para a continuação dos seus trabalhos (em particular, no reino mineral). Os Continue lendo

O Alquimista e Sua Fantástica Relação com o Reino Vegetal

O Alquimista e Sua Fantástica Relação com o Reino Vegetal

O primeiro passo do Alquimista está no reino vegetal. Este reino deve ser plenamente dominado antes de passar ao seguinte. Infelizmente, muitos se precipitam nas vias metálicas sem estarem devidamente fundamentados nas operações da “alquimia vegetal” ou “espagiria verde”. No laboratório vegetal entra-se em relação com um novo mundo, repleto de energias muito diversas. É a primeira porta que conduz aos conhecimentos ocultos da natureza. Suas experiências com os vegetais lhe permitirão familiarizar-se com operações importantes das quais terá necessidade para a continuação de seus trabalhos, Continue lendo

Espagiria: Os três princípios filosóficos

Espagiria: Os três princípios filosóficos

O trabalho na espagiria vegetal consiste em separar e purificar os princípios constituintes das plantas para, mais tarde, voltar a reuni-los (Solve e Coagula), dando lugar ao que se denomina um magistério. Cabe perguntar o que são estes chamados princípios constituintes dos vegetais. Segundo a Teoria dos Três Princípios, de Paracelso, todos os corpos orgânicos ou inorgânicos são o resultado da combinação, em proporções diversas, de três substâncias ou princípios básicos que ele denominou Enxofre, Mercúrio e Sal. Estes três princípios não coincidem com o Continue lendo

Paracelso, o Espagirista

Paracelso, o Espagirista

É impossível estudar alquimia e espagiria sem conhecer Paracelso e sua obra. E é bem provável que você já tenha lido a respeito. Neste artigo, além de expor um resumo biográfico, apresentamos alguns textos interessantes, pouco conhecidos, a respeito deste mestre espagirista. Ficaremos em débito com as fontes da pesquisa. Pois, o artigo é fruto de leituras antigas. Na medida que encontrava-mos algo notável, imediatamente era registrado em diário, sem a pretensão de algum dia partilhar neste formato. Resumo biográfico Paracelso, cujo verdadeiro nome era Continue lendo

Alquimia Prática: 8 livros para você tornar-se um Alquimista Operativo

Alquimia Prática: 8 livros para você tornar-se um Alquimista Operativo

A dimensão operativa (laboratorial) da alquimia é um assunto que gera muitas controvérsias. Existe uma corrente que acredita ser desnecessária a prática laboratorial. Pois, supõe ser metafórica as referências às operações alquímicas, a despeito de todas as ilustrações feitas por alquimistas e seus respectivos diários onde são descritos muitos procedimentos. Outra corrente, operativa, não concebe a alquimia sem a matéria. Pelo princípio das correspondências, operam na matéria: Além de purificá-la, transformam-se juntos. Ou seja, a retificação interior faz parte do processo. Não é nossa intenção apontar Continue lendo