Alquimia e Astrologia: Ervas Medicinais regidas por Júpiter

Júpiter é um planeta benévolo. Sua natureza é positiva, masculina, elétrica, quente e úmida. Confere uma personalidade justa, generosa, jovial e religiosa.

Júpiter governa o fígado (no qual forma o glicogênio que é utilizado pelo nosso organismo, como alimento, durante a atividade muscular); as artérias e sua circulação, principalmente as abdominais, as do estômago e as das pernas.

Governa a fibrina (juntamente com Marte e o signo de Peixes); a distribuição das gorduras; as suprarrenais e as glândulas suprarrenais; o líquido amniótico; os braços e as mãos; a assimilação; o enriquecimento do sangue, a hematose, as forças defensivas do corpo, os fagócitos.

Governa os carboidratos, o desenvolvimento, a divisão e a reprodução das células; a formação do tecido celular; a conservação da energia; os órgãos digestivos; os constituintes gordurosos do leite e de outros fluidos do corpo; os pés; os órgãos genitais, urinários e suas veias; as coxas e as nádegas.

Governa os pulmões; a alimentação; as costelas; a orelha direita; o temperamento sanguíneo; o sêmen; o açúcar no corpo; os dentes; e a conservação do tecido.

Influências de Júpiter


Júpiter pode ser:

  • Aéreo;
  • Alterativo;
  • Revigorante;
  • Antiespasmódico;
  • Balsâmico;
  • Confortante;
  • Conservador;
  • Corpulento;
  • Diurno;
  • Elétrico;
  • Enriquecedor;
  • Expansivo;
  • Forte;
  • Afortunado;
  • Fértil;
  • Pleno;
  • Generoso;
  • Quente;
  • Masculino;
  • Restituidor da saúde;
  • Moderado;
  • Úmido;
  • Nutritivo;
  • Otimista;
  • Expansivo;
  • Positivo;
  • Religioso ou espiritualizado;
  • Sanguíneo;
  • Indulgente consigo mesmo;
  • Sociável;
  • Temperado.

Enfermidades de Júpiter


A maior parte das enfermidades de Júpiter nascem através dos excessos de comida e de bebida, causando indigestões, indisposições, mal estar e alterações no sangue.

Júpiter, em si mesmo, não causa nenhuma enfermidade, senão somente em relação com os planetas maléficos, que podem causar enfermidades do sangue, dos pulmões e do fígado. Ou, indiretamente, também do coração. 

Júpiter, quando afligido, pode também causar apoplexia (acidente vascular cerebral ou AVC), abscessos, cólicas, pleurite, e formas degenerativas cancerígenas devido à hiper expansividade do planeta.

Principais Plantas Medicinais Regidas por Júpiter


Todas as ervas abaixo são regidas, preponderantemente, por Júpiter. A lista está em ordem alfabética e será atualizada periodicamente conforme nossas pesquisas avançarem.

À esquerda, seu nome em língua portuguesa. À direita, seu nome científico.

Ao clicar sobre o nome científico, será aberta uma aba em seu navegador com os resultados da pesquisa pelo respectivo termo. Assim, você poderá reconhecer a planta visualmente e aprender mais sobre as suas propriedades.

Para saber se uma determinada erva faz parte desta lista, tecle CTRL + F e digite o termo desejado.

E, para pesquisar em todo o nosso blog, utilize a busca localizada no canto superior direito da tela, ao lado do menu “contato”.

Como utilizar esta lista?


Os que se dedicam à arte da Alquimia Espagírica poderão utilizar esta lista como um guia de operações.

Por exemplo, caso você deseje trabalhar com uma erva regida por Júpiter, então, ela deverá ser plantadacolhida e/ou iniciar a operação (preferencialmente) em uma quinta-feira, que é o dia da semana regido por Júpiter.

E, se possível, nos horários de Júpiter.

Desta maneira, aproveitaremos melhor a impregnação astral e, com isso, obter um preparado muito mais intenso (energeticamente falando).

Este artigo foi escrito tendo como base de estudo as obras de: Paracelso, Culpeper, e Manfred Junius.

Para saber um pouco mais sobre a relação entre Alquimia e Astrologia, recomendamos este artigo.

Inicialmente, a ideia era disponibilizar este material somente para os alunos do nosso curso de Alquimia Espagírica.

Mas, devido à importância do tema e à escassez de material, julgamos de grande utilidade que este conteúdo esteja ao alcance de todo buscador, independente de ser nosso aluno ou de outra escola.

Ao concluirmos esta série de artigos sobre as regências planetárias, disponibilizaremos uma compilação de todo o conteúdo no formato impresso, inclusive com os horários planetários.

Não deixe de cadastrar seu email abaixo para receber os próximos artigos e conteúdos exclusivos que não são publicados aqui no blog:

Círculo Interno de Leitores

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para fazer parte GRATUITAMENTE do nosso Círculo Interno de Leitores e receber conteúdos especiais!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *