4 Práticas e 1 Conselho para Elevar sua Força e Vigor Espiritual

Força e vigor espiritual se obtém por meio de um esforço diário de autotransformação. Requer um trabalho disciplinado, regular e assíduo.

Qualquer tentativa de se obter progresso servindo-se de práticas “milagrosas” está equivocada.

Portanto, as práticas abaixo indicadas são dirigidas para aqueles que já estão em um processo de autoconhecimento e desejam elevar a sua força e vigor espiritual.

Àqueles que estão espiritualmente e/ou emocionalmente debilitados estas práticas poderão até proporcionar uma atenuação da negatividade. Mas, não resolvem o problema em sua raiz. Para tanto, caso seja esta a sua situação, recomendo um processo mais amplo, que contemple uma análise mais profunda das causas que o(a) levaram ao seu estado atual.

Achou interessante? Compartilhe com seus amigos. Compartilhar é se importar.

1. SAUDAÇÃO AO SOL


Saudação ao Sol

Esta prática não deve ser confundida com um exercício de Yoga cujo nome é idêntico a este.

Os antigos egípcios saudavam o sol. Era um gesto de adoração ao deus sol Rá. Para eles, o sol era a manifestação visível de um deus invisível.

Esta prática tem o objetivo de canalizar a energia espiritual do sol para os nossos centros psíquicos (chakras). E a partir dessa canalização, elevar a nossa força espiritual.

Prática:

Caso tenha privacidade, realize esta prática totalmente ou parcialmente nu.

Nos primeiros minutos após o nascer do sol, posicione-se de pé e de frente para ele. Afaste levemente os braços do corpo, palmas das mãos voltadas para frente. Com os olhos fechados, respire profundamente pelo nariz por três vezes, lentamente. Em seguida, retorne para a respiração normal.

Sinta os raios de sol sobre o seu rosto e por todo o seu corpo. Procure focar a sua atenção somente na conexão entre você e os raios solares.

Ainda com os olhos fechados, visualize mentalmente que a energia mais pura está sendo canalizada do sol diretamente para o seu corpo e seus chakras. Sinta que você está sendo abastecido(a) por esta energia. Sinta o seu poder revigorante. Mantenha essa visualização pelo tempo que desejar ou conseguir, sem falhas de concentração.

Finalizada a visualização, abra os olhos, volte os braços para a sua posição normal. Agradeça a Deus (à sua maneira, conforme a sua fé) por ter proporcionado este momento revigorante.

2. ORAÇÃO DE SAINT MARTIN


Oração de Saint Martin

Para Louis-Claude de Saint-Martin, a Oração é a forma mais simples de Teurgia. Os estudiosos da obra de Saint-Martin, os martinistas, sabem muito bem da importância da prática oratória, e não a negligenciam.

Os Salmos são utilizados há muito tempo na magia e na cabala. Apesar de integrarem a Bíblia, são universais, no sentido de incorporarem diversos códigos e significados. Alguns estudiosos vêm neles um rico e poderoso mantra.

Particularmente, gosto de enxergar os Salmos como afirmações de poder.

O propósito desta prática é elevar nosso nível vibratório a fim de nos tornar receptáculos dignos das manifestações sutis. Consequentemente, aumentar nossa força espiritual.

Prática:

Purifique o seu corpo, tomando um banho normal, a fim de apresentar-se à Prece.

Providencie uma Bíblia, um copo, taça ou cálice com água.

Sente-se em frente a uma mesa, com a Bíblia e a água à sua frente. Abra sua Bíblia em Salmos 1.

Feche os olhos, inspire e expire profunda e lentamente pelo nariz. Em seguida retorne para a respiração normal.

Abra os olhos e faça a leitura dos Salmos 1 até 7, imbuindo-se bem do seu significado. Após a leitura, beba a água.

O segredo de nosso progresso consiste na oração, o segredo da prece na preparação, o segredo da preparação numa conduta pura, o segredo de uma conduta pura no temor a Deus, o segredo do temor a Deus em seu amor. Assim, o amor é o princípio e o centro de todos os segredos. – Louis-Claude de Saint-Martin

Realize esta prática às 18h ou logo antes de dormir, antes da meia-noite. Caso você seja membro da Irmandade Hermética, realize esta prática em seu Oratório ou Espaço Sagrado.

3. HARMONIZAÇÃO COM A LUA


Saudação à Lua

Assim como a saudação ao sol, esta harmonização não é um exercício de Yoga.

Sua polaridade é oposta à saudação ao sol. Por isso, recomendo dosar as duas práticas conforme a sua necessidade energética.

Prática:

Na primeira noite de lua cheia, deite-se no chão (ao ar livre). Preferencialmente, de modo que você tenha contato visual com a lua.

Procure relaxar corpo e mente. Contemple a lua: note o seu brilho intenso, sua forma e sua grandiosidade. Sinta-se íntimo(a), estabelecendo uma conexão entre você e ela. Não pense. Sinta o momento.

Permita que a energia lunar entre em ressonância com você e te abasteça energeticamente.

Quando sentir-se pronto(a) para encerrar, manifeste sua gratidão ao plano divino, da sua forma, conforme a tua fé.

4. PIRÂMIDE DE LUZ


Pirâmide de Luz

A “Pirâmide de Luz” é um poderoso exercício de visualização mental. Executando corretamente os comandos abaixo indicados, você entrará em ressonância com energias reequilibradoras que permeiam o Universo.

Prática:

Sente-se confortavelmente em uma cadeira. Pés totalmente apoiados no chão, ligeiramente afastados um do outro. Mãos sobre as pernas. Coluna ereta. Olhos fechados.

Inspire e expire profunda e lentamente pelo nariz por algumas vezes. Em seguida, retorne à respiração normal. Procure relaxar corpo e mente.

Visualize-se inserido(a) em uma pirâmide de luz. Uma luz branca. Você está sentado dentro da pirâmide de luz, totalmente envolto pela luminosidade. Sinta esse abastecimento.

Sua força vital está sendo intensificada pela pirâmide de luz.

Encerre a prática quando sentir que é o momento. Abra os olhos suavemente e retorne para as suas atividades.

UM CONSELHO: REFLEXÃO OBJETIVA


Toda prática, toda atitude e cada passo dado por nós deve ser antecedido por uma reflexão objetiva. Grande parte dos problemas são criados por nós, ao agir sem a devida reflexão prévia.

Ao adotar a reflexão objetiva no seu dia a dia, você estará aplicando uma poderosa ferramenta para superar problemas e obter força espiritual.

Pense, objetivamente, sobre sua situação atual e onde você deseja chegar. Ou seja, você irá demarcar onde você se encontra e onde deseja ou necessita estar.

O que você precisa fazer para atingir o ponto ou estado desejado?

Quais são as suas fraquezas?

Quais são os seus pontos fortes que podem contribuir para o seu progresso?

Anote e relacione todos os pontos identificados acima. Se você for suficientemente sincero e organizado nesta reflexão, terá um roteiro pronto para ser seguido.

Mas, lembre-se:

A simples visão do caminho a percorrer não significa que ele tenha sido percorrido, e, por consequência, a simples compreensão mental daquelas virtudes que devem ser realizadas não quer dizer que já estão possuídas. Para isso, será necessário vivê-las, identificando-se com elas mediante a própria experimentação.

Muitos, enganados por uma ansiedade disfarçada de motivação, agem unicamente por impulso. Em seguida, responsabilizam as circunstâncias pelo seu fracasso – Daniel Fidélis

Espero que este artigo tenha motivado você a se empenhar mais, a se comprometer verdadeiramente, em dar passos práticos para a sua Elevação.

Faça parte do Círculo Interno de Leitores

Cadastre-se gratuitamente para receber conteúdos especiais em seu email!

6 Comentários


  1. Boa noite amigo , gostei muito dos exercícios ,de grande valia a todos que desejam trilhar o caminho da luz e do conhecimento interno e externo do bem ,da realização pessoal ,em prol dos demais irmãos que conosco caminham no planeta. Pode ter certeza que usarei à todos . Obrigada por partilhar conosco teus conhecimentos . Paz e luz.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *